03/02/2016

2016 || Personal


Isto se calhar já deveria ter sido falado no princípio de Janeiro porque é o mês dos recomeços, assim se diz. Eu não vejo as coisas assim, porque a qualquer momento podemos mudar a nossa vida, ou a vida mudar - o que são coisas completamente distintas. Mas pronto, todos nós apanhamos essa “onda de começar de novo” e faz-se alguma coisa. Cada um tem a sua forma de recomeçar e eu aproveitei essa deixa para me organizar. (Apesar da vontade ser de hibernar numa toca...)

Não foi no dia um, mas durante Janeiro andei a arrumar coisas palpáveis, coisas digitais, arrumando tudo e mais alguma coisa sempre que tinha tempo. O meu disco externo também levou ali uma limpeza de maneira a ter espaço para este ano que começou, tal como o meu quarto (e guarda-roupa) está mais vazio. Cortei o cabelo também, mas isso dá-me "vipes" várias vezes por ano, por isso a frase “ano novo cabelo novo” não funciona comigo de certeza!

Também é nestas alturas que definimos a nossa lista de desejos, mas este ano não quis fazer isso. (Fiz para o blog mas isso é outra história.) Não sou a pessoa mais organizada e muito menos a melhor planeadora, até porque fico tão stressada para que as coisas corram como quero e isso nunca acontece. Sem contar com as vezes que o stress vem de coisas absolutamente desnecessárias. Fiz uma bucket list para o ano passado por exemplo, e não cumpri tudo. Não foi por falta de tempo, mas sim por falta de motivação. E se vou continuar até ficar terminada? Não. Nem por isso.

Este ano a única coisa que tenho planeado (para além de terminar a carta de condução, que tenho arrastado) é ter um mealheiro, e ir juntando até ficar cheio. E quando estiver cheio, abrir, e ver se até lá já sei escolher entre “PRIORIDADE” e “CAPRICHO”. O meu futuro depende dessa atitude.

E vocês? Algum plano ou desejo importante têm a realizar este ano?

podem encontrar-me aqui:

2 comentários:

  1. O ano passado também fiz uma lista de desejos e não cumpri nem metade, por falta de motivação, como tu. Acho que ao fazermos isso é quase como se depois nos tivéssemos a obrigar a fazer aquilo e já são tantas as coisas que somos obrigados a fazer que não é preciso acrescentar.
    Eu, finalmente de férias, ando agora a dar as voltas às coisas palpáveis e digitais como tu fizeste.

    Lena's Petals xx

    ResponderEliminar
  2. Eu por acaso este ano fiz ao contrário.xD Todos os anos costumo pensar em objectivos, como toda a gente claro,mas sempre de forma muito vaga, o que quanto a mim não ajuda nada. Por isso, este ano escrevi coisas concretas. Vamos ver como corre.:p

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar